Weby shortcut
Link Facebook
botão youtube
fabiana

Guerras de Papel

Neste novo episódio da Biblioteca do PPGH, a professora Fabiana Fredrigo apresenta seu novo livro.

Francisco de Paula Santander e Simón Bolívar foram lideranças fundamentais para o processo de independência na América Hispânica. Combateram juntos nas guerras que assolaram o que seria o futuro território das repúblicas americanas. Combateram igualmente escrevendo: trocaram correspondências, produziram memórias sobre a vida política partilhada e registraram sua compreensão dos tempos vividos e da História. Um e outro esperavam, não passivamente, serem julgados pelo tribunal impiedoso do tempo. Esses companheiros romperam sua relação, findadas as lutas com a Espanha. Eram tempos em mutação: urgência se constituía em ajustar o caminho político interno às repúblicas e, então, o desentendimento sobreveio.
Por meio das cartas e das peças autobiográficas, "Guerras de Papel" pretende colocar novos problemas à historiografia que trata da emancipação na primeira metade do século XIX. O registro dos dias, em cartas e peças autobiográficas, nos informa sobre os rastros do passado e sua análise exige tomar a subjetividade como questão central, sendo primordial alcançar as contribuições de outras áreas, tais como a linguística, a crítica literária e a psicanálise. Nesse sentido, a avaliação da fonte não depende apenas do recorte do historiador, mas do pressuposto que anota a impossível neutralidade de um texto. "Guerras de Papel" coloca em vigoroso combate Francisco de Paula Santander e Simón Bolívar, com a certeza de que a historiografia é a maior vitoriosa nesse combate.

Assista-o aqui: https://youtu.be/_2ziKnEiqzo

Listar Todas Voltar