Link Facebook
botão youtube

História e narrativas audiovisuais: perspectivas “dialógicas” entre história, didática da história, cinema e teleficção (2015/1)

Atualizado em 03/02/17 11:24.
A disciplina tem por objeto o cinema e outras narrativas audiovisuais em suas relações com a história. A partir da premissa de que a narrativa é uma forma antropológica de articulação das experiências do passado (Ricoeur), buscar-se estudar elementos de construção das narrativas audiovisuais em suas relações com a cultura – sobretudo, histórica e artística, mas não só – de cada época e lugar. O quadro teórico que serve como diretriz analítica é composto pelas teses de Vygotsky – da psicologia, de Bakhtin – da filosofia da linguagem, de Williams – da cultura/comunicação e de Stam – do cinema. No campo historiográfico, as teses de Rüsen orientam a análise. Sob esse quadro conceitual, investigamos possibilidades de análise que se abrem para o cinema, além da didática da história como chave interpretativa para narrativas audiovisuais, inclusive pedagógica/performática. Estudam-se, empiricamente, algumas das relações entre cultura, história e narrativas audiovisuais – no cinema, televisão, internet, etc. ao longo do século XX e XXI.
Related Files Size Archive Fingerprint
2015.1 História e narrativas audiovisuais perspectivas “dialógicas” entre história, didática da história, cinema e teleficção (Programa de Disciplina) 354 Kb 68390e298ee786a0b3b32a3d91eeb5e8