Weby shortcut
Link Facebook
botão youtube

Guerra e ritos funerários na Antiguidade Clássica (2014/2)

Atualizado em 02/02/17 16:57.

Nesse curso analisaremos as relações que se estabelecem entre guerra e ritos funerários na Antiguidade Clássica. Assim como entendemos, as narrativas textuais (e.g. Polieno, Onassandro entre outros mais) e os vestígios materiais (e.g. Legio II Augusta) bélicos acentuam valores e costumes sociais que, vinculados à sobrevivência, à condição cívica, criação de estratégias de combate, masculinidade, representações mortuárias nas tumbas e em seus epitáfios (e.g. nome do falecido, posição, título da unidade, mandata, idade no momento da morte, número de anos que o soldado serviu ou sua origem), encaminham-nos à compreensão de práticas culturais diversificadas nas sociedades romana e grega. Interessa-nos também entender, nesse sentido, a arqueologia da morte que se caracteriza pelo estudo das práticas, ritos e simbologias da morte na sociedade romana como veículo de comunicação e produção social da memória do morto, de seus ancestrais e familiares. 

Related Files Size Archive Fingerprint
2014.2 Guerras e ritos funerários na Antiguidade Clássica (Programa de Disciplina) 457 Kb ac67a07bb2a1dbed1cdbed4b4fa9ce6f
Listar Todas Voltar