Link Facebook
botão youtube

Literatura e Historicidade

Atualizado em 26/04/20 11:52.

O curso inscreve-se nos debates recentes sobre a relação entre história e literatura, procurando ultrapassar os dois modos preferenciais segundo os quais ela foi considerada. Por um lado, tradicionalmente, os historiadores lançaram mão dos textos literários como fonte histórica, tendo suscitado acusações de negligenciar a especificidade da literatura, sua relativa independência face ao seu contexto de produção. Por outro, a partir do final da década de 1960, a ênfase no caráter textual do conhecimento histórico conduziu à aproximação entre narrativa histórica e narrativa literária, levando os historiadores a defender a relação privilegiada da história com a verdade, por meio de sua dependência aos arquivos. Neste curso, trata-se de discutir a historicidade da literatura enquanto prática social e modo de qualificação dos textos, isto é, o fato de que o conceito moderno de literatura apenas emergiu na segunda metade do século XVIII, em ruptura com um regime retórico-poético de produção, circulação e apropriação dos textos. Definem-se, desse modo, quatro eixos de estruturação da disciplina: 1). A literatura antes da literatura; 2). A concepção moderna de literatura; 3). A função autor; 4). O romance, um gênero literário.