Link Facebook
botão youtube

"Pensar a política por conceitos: poder, estado, individuo e comunidade entre a modernidade e a pós-modernidade"

Atualizado em 26/04/20 12:25.

A presente disciplina visa aprofundar o pensamento político europeu e, em parte, o norte-americano a partir de conceitos básicos para a tradição política continental e também anglo-saxônica, como o de poder, Estado, indivíduo e o conceito de comunidade. A partir de pensadores clássicos da modernidade, como Maquiavel e Guicciardini, chegaremos a tratar autores e correntes de pensamento contemporâneas que se concentraram nos conceitos acima mencionados, muitas vezes oferecendo uma nova interpretação, até uma ruptura, com relação à tradição. Este é o caso do conceito de poder dentro do pensamento de Carl Schmitt ou em Leo Strauss, assim como o do indivíduo em autores como Friedrich von Hayek e Ludwig von Mises, ou, sob outra perspectiva, nas reflexões de um Wilhelm Röpke ou, no contexto da teoria política, de pensadores como Jürgen Habermas e John Rawls. A disciplina consistirá em duas atividades que os alunos serão convidados a realizar durante o semestre e no final do mesmo. A primeira atividade consistirá num seminário a realizar em sala de aula, sobre um ou mais autores, ou sobre uma corrente de pensamento (exemplo: Escola Austríaca de Economia) ou sobre um tema político específico, entre os apresentados em sala de aula, com duração de, pelo menos, 30 minutos, após dos quais haverá um breve debate. A segunda atividade consistirá de um ensaio de, pelo menos, 15 páginas, acompanhado de notas de rodapé e bibliografia, que os alunos terão que elaborar no final do semestre e enviar para o endereço e-mail do professor dentro (e não além) da data de entrega estabelecida. Este ensaio, como a atividade do seminário, enfocará sobre um ou mais autores, ou sobre uma corrente de pensamento (exemplo: Escola Austríaca de Economia) ou sobre um tema político específico, entre os apresentados em sala de aula.