Weby shortcut
Link Facebook
botão youtube

2004-Rogério Lustosa Victor

 

Dissertação de Mestrado

 

Autor: VICTOR, Rogério Lustosa

Título: O integralismo nas águas do Lete: história, memória e esquecimento.

Resumo: O presente estudo trata das distintas representações acerca do movimento integratlista presentes nas memórias, vez que a existência de diferentes memórias, vez que a existência de diferentes memórias (a memória histórica e a memória integralista) e a disputa entre elas é traço privilegiado para se desvendarem lutas políticas em que as forças em jogo tentem impor sua própria temporalidade. Assim, a partir de um fato privilegiado – o golpe integralista de maio de 1938 – e da equivalência simbólica entre integralismo e fascismo, essa pesquisa busca desvendar os caminhos do veto à memória integralista ou, noutras palavras, busca saber como discursos sucessivos emitidos por fontes variadas (agentes do Estado Novo, imprensa e livros didáticos) rearticulam o passado e o enquadram numa narrativa lógica em que as múltiplas possibilidades, os conflitos viáveis ou imaginados como viáveis, cederam lugar à temporalidade do triunfador, síntese da memória histórica. Num outro percurso, mas imbricado na discussão anterior, procedeu-se a análise da produção da memória, integralista que, banida, regressará, ainda que tímida, ao debate político.

Orientador: Prof. Dr. Noé Sandes Freire

Data de Defesa: 17.05.2004